Tambem nao sabia…..

As mudanças sociais que afetaram o país nos últimos 20 anos levaram a alterações importantes do ponto de vista da saúde da população. Duas delas são o aumento da proporção de idosos e o crescimento do número de pessoas com excesso de peso. E um idoso com sobrepeso corre risco de morrer mais cedo que o magro, correto? Segundo uma pesquisa desenvolvida em Minas Gerais: errado!






Os resultados surpreendem e reforçam o chamado \’paradoxo da obesidade\’: pessoas enquadradas nas faixas de sobrepeso e obesidade do IMC viveram mais do que as outras. A Organização Mundial de Saúde recomenda perda de peso a partir do IMC 25. Na população analisada, índices entre 26 e 32 foram associados a menores taxas de morte ao longo do período acompanhado. “Percebemos que aqueles que tinham sobrepeso ou eram obesos classe 1 viveram mais que os idosos de peso normal. Este é o paradoxo: uma pessoa acima do peso pode ser saudável”, aponta.